Padrão

FCI Nº 347 - 26/11/2002 - Grupo 1 - Secção 1

Origem: Suíça

Nome de Origem: Weisser Schweizer Schaferhund

Utilização: Cão de Companhia, Guarda vigilante e de defesa que ama todos em especial as crianças. Cão de trabalho cheio de entusiasmo e dócil.



Aspecto Geral: Pastor robusto, bem musculoso, de porte médio, com orelhas erectas de pelo duplo de comprimento médio para longo; de figura alongada: dotado de um ossatura moderadamente rústica, sua silhueta é elegante e harmoniosa.

Proporções: Figura inscrita num rectângulo ligeiramente alongado, a proporção entre o comprimento do tronco ( medido da ponta do ombro à ponta do ísquio ) e a altura na cernelha é de 12:10. A distância do Stop à trufa ultrapassa ligeiramente a distância do Stop à protuberância occipital.

Talhe: Altura a cernelha nos Machos é de 60 a 66 cm e nas fêmeas de 55 a 61 cm. Peso para os machos é de 30 a 40 quilos e nas fêmeas de 25 a 35 quilos. O comprimento não é especificado. Os exemplares que tenham bom tipo não devem ser excluídos.

Carácter: Cão de temperamento forte sem nervosismo, atento e vigilante. Por vezes é ligeiramente reservado com estranhos, mas nunca medroso nem agressivo.

Pele: Sem dobras e de pigmentação escura.

Pêlo: Pêlo duplo, que pode ser curto ou meio longo, liso, denso e bem posto, Sub pêlo abundante. O pêlo da face é curto e nas partes posteriores dos membros, cabeça e pescoço é um pouco mais longo. Nos exemplares de pelo meio longo pode ser ligeira mente ondulado. Um pouco duro também é aceitável.

Cor: Branco

Cabeça: Possante, seca, finamente cinzelada e bem proporcionada ao tronco. Vista de cima e de perfil é em forma de cunha. As linha superiores de crânio e do focinho são paralelas.

Crânio: Pouco arqueado, sulco sagital apenas esboçado.

Stop: Pouco marcado, mas claramente perceptível.

Focinho: Sólido, de comprimento médio em relação ao crânio. A cana nasal é recta e ligeiramente convergente em direcção à trufa.

Lábios: O mais preto possível, secos e juntos.

Mordedura: Dentadura forte e completa com mordedura em tesoura.

Olhos: De tamanho médio, inseridos ligeiramente oblíquos de cor castanha a castanho escuro. As pálpebras de orla preta são bem ajustadas ao globo ocular.

Orelhas: Inseridas altas, grandes, perfeitamente erectas, paralelas e apontando para frente em forma de triângulo alongado que se arredondam ligeiramente nas extremidades.

Pescoço: De comprimento médio e bem musculado, encaixando harmoniosamente no tronco, sem barbelas. A linha superior do pescoço é arqueada com elegância, em continuação da cabeça portada moderadamente alta até a cernelha.

Tronco: Vigoroso, bem musculado e de comprimento médio.

Cernelha: Bem elevada.

Dorso: Horizontal e sólido.

Peito: Moderadamente largo, bem profundo até aos cotovelos, medindo metade da altura na cernelha. Caixa torácica de secção oval bem desenvolvida para trás, com ante peito marcado.

Ventre: Livre e firme, ligeiramente esgalgado.

Lombo: Fortemente musculado.

Linha inferior: Ligeiramente esgalgada.

Garupa: Longa e de largura média, a partir do lombo inclina-se suavemente até a raiz da cauda.

Membros: Fortes, secos, de largura e espessura média.

Anteriores: Vistos de frente são rectos e ligeiramente afastados, de perfil bem angulados.

Ombros: Escápulas longas, bem obliquas formando um ângulo correcto com úmero, todo o ombro é bem musculado.



Braços: De bom comprimento e muito musculados.

Cotovelos: Trabalham bem ajustados rente ao tórax e correctamente direccionados para a frente.

Antebraços: Longos, rectos e secos.

Metacarpos: Sólidos e pouco reflectidos.

Patas: Ovais, dígitos bem fechados e arqueados, almofadas firmes, resistentes e pretas, as unhas são escuras.

Posteriores: Vistos de trás são rectos e paralelos, ligeiramente afastados, de perfil bem angulados.

Coxas: São de comprimento médio e bem musculadas.

Pernas: De comprimento médio, em posição obliqua, bem musculadas de forte ossatura.

Metatarsos: De comprimento médio, rectos, secos. Os presunhos devem ser amputados.

Jarretes: Sólidos e bem angulados.

Patas: Ovais, as posteriores são ligeiramente mais longas que as anteriores, dígitos bem fechados e arqueados, almofadas firmes, resistentes e pretas, as unhas são escuras.

Cauda: Em forma de sabre, e farfalhuda em toda a extensão, inserção preferencialmente baixa e alcança no mínimo os jarretes. Em repouso fica pendente ou ligeiramente para cima no seu ultimo terço, em actividade é portada mais alta sem nunca ultrapassar a linha superior.

Movimentos: Passadas e ritmo bem cadenciado, fluente e firmes. De grande amplitude com propulsão poderosa. No trote a movimentação é fácil e mais longa.





Faltas:

Avaliadas conforme a gravidade.

Faltas leves: Presença discreta de pêlos de cor amarela.

Despigmentação da trufa, lábios e orla das pálpebras.

Faltas graves:

Exemplares desproporcionados de figura quadrada ou muito curtos.

Indefinição das características sexuais de machos e fêmeas.

Orelhas caídas, semi caídas ou partidas.

Linha superior fortemente descendente.

Cauda enrolada, partida, em gancho ou portada sobre o dorso.

Pêlo externo macio, sedoso, lanoso, encaracolado, mal assente. Falta de sub pêlo.

Desqualificações: As gerais e mais:

Cães agressivos e medrosos.

Um ou ambos os olhos azuis.

Prognatismo superior ou inferior.

Trufa, lábios ou orlas totalmente despigmentadas.

Pele ou almofadas totalmente despigmentadas.

Albinismo.